Simplic dá quatro dicas para aproveitar o Carnaval com economia

1147 views Leave a comment

Simplic dá quatro dicas para aproveitar o Carnaval com economia

carnavalsimpliceconomiayoba201701

O ano de 2016 não foi fácil para os brasileiros. Ao término de dezembro, o país tinha 58,3 milhões de inadimplentes e 39% da população adulta negativada, segundo estimativas do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Portanto, não é surpresa que o brasileiro pense duas vezes antes de abrir a carteira, mesmo que seja para o Carnaval, um dos períodos mais aguardados do ano.

VOCÊ VIU? ESPECIAL CARNAVAL

De acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os gastos com bens e serviços relacionados ao feriado serão os menores desde 2014. Mas é difícil resistir à praia, bloquinhos e viagens com família e amigos. Por isso, o certo não é deixar de aproveitar a ocasião, mas sim tomar alguns cuidados essenciais para não estourar o orçamento.

 

Pensando nisso, a Simplic reuniu algumas orientações para que os foliões se planejem e, desta maneira, consigam aproveitar o Carnaval sem ter dor de cabeça no futuro.

 

Pense (e muito) antes de viajar

Os feriados prolongados são sempre a deixa perfeita para viagem dos sonhos. Mas, se não couber no seu bolso, não vale a pena fazer loucuras. E não é apenas com passagens de avião que você deve se preocupar.

Um simples bate-volta de carro para a praia pode chegar a custar quase R$ 100 reais, considerando os gastos com pedágio e gasolina, enquanto passagens de ida e volta para o litoral de ônibus podem custar menos de R$ 60, dependendo do destino escolhido. Por isso, muitas pessoas estão escolhendo viajar de ônibus este ano: a previsão é que serão quase R$ 1 bilhão movimentados no feriado apenas no transporte rodoviário.

Mas se os gastos com a viagem não couberem em seu orçamento, fique em casa e aproveite os bloquinhos de rua com os amigos. Afinal, além de baratos, opções de blocos bons e divertidos não faltam!

 

Não compre comidas e bebidas na rua

Seja na praia ou em bloquinhos de rua, os custos com a alimentação acabam sendo sempre muito altos nesta época do ano. Para ter uma ideia, a maior parte dos gastos de Carnaval neste ano não será com viagens, mas sim com a alimentação fora do domicílio. A previsão é de que serão gastos mais de R$3,3 bilhões em bares e restaurantes.

Mas a boa notícia é que é possível economizar com comes e bebes durante a folia. Para não depender de ambulantes, o segredo está em fazer uma boa refeição antes de sair de casa; levar barrinhas de cereal para mascarar a fome; fazer um esquenta antes de ir para a folia; e levar uma bolsa térmica com suas próprias bebidas e alimentos. Só com essa técnica, é possível economizar até 30% a 40% nos gastos do Carnaval.

 

Use a criatividade

Roupas e acessórios coloridos são mais do que comuns nesta época do ano. Mas, com menos dinheiro no bolso, o jeito é pensar fora da caixa na hora de montar as fantasias. No ano passado, o gasto médio por fantasia do brasileiro foi de R$114,10; um valor muito alto para muitas famílias que acabaram de pagar os impostos e contas do começo do ano.

Por isso, evite gastar com roupas e acessórios e seja criativo na hora de montar sua fantasia. Reaproveite opções antigas, peça acessórios emprestados ou aposte em pequenas compras – que cabem dentro de seu orçamento –, combinando-as com alguma roupa colorida do seu guarda-roupa.

 

Faça a festa (em casa)!

Agora, se mesmo com todas essas dicas, você ainda estiver sem opções de folia que caibam no seu bolso, que tal fazer uma festa carnavalesca em casa? Assim, além de economizar todo o dinheiro de viagens, alimentação, hospedagem e fantasias, você pode criar um ambiente colaborativo entre amigos e família, encarregando cada um com o preparo de algum prato ou decoração especial.

 

Deixe uma resposta