Conecte-se com

Saúde

Como se livrar do calor da menopausa nos dias quentes

Publicado

em

A médica e , de São José dos Campos-SP, revela o que as mulheres no período da podem fazer para minimizar os efeitos das altas temperaturas. 

“Os picos de calor frequentes incomodam até quando a está até em repouso. Essa queixa é ainda mais frequente nessa época do ano de forte calor e o problema é que essa fase da vida da pode durar de 2 a 4 anos na maioria dos casos”, diz a médica.

E não acaba por aí: outros sintomas ainda podem aparecer como a insônia, variação de humor, ganho de peso e perda de libido. Por isso, é preciso tentar minimizar os efeitos.

“Para tratar os famosos ‘fogachos’ o tratamento deve ser feito através da reposição hormonal com hormônio humano, que é exatamente igual ao que o ovário produzia para repor a deficiência e devolver a qualidade de vida para a mulher – exceto para aquelas que tiveram casos de câncer de mama, já fizeram biopsia ou são portadoras de diabetes. Essas deve evitar, mas cada caso precisa ser avaliado individualmente “, explica a profissional.

E para qualquer mulher que está atravessando por essa fase, em especial nessa forte onda de calor, vale investir em algumas dicas simples que a médica separou e podem ajudar a sanar o problema nos dias mais quentes.

  • Use roupas sobrepostas para poder tirar as roupas quando a onda de calor chega;
  • Tome muita água: aumente o consumo em pelo menos, um litro a mais ao dia;

 

  • Ajuste a temperatura em casa e no carro e mantenha o ar fresco e circulando com a ajuda de janelas e portas abertas e ligue o ar condicionado ou use ventiladores para deixar a casa mais arejada;

 

  • Respire profundamente. Estudos demonstraram que isso pode reduzir a ocorrência de fogachos através de uma técnica chamada respiração rítmica é particularmente benéfica para isso. Respire lenta profundamente pelo nariz expandindo o diafragma, depois expire lentamente até contraí-lo. Faça isso em seis a oito respirações por minuto, uma vez de manhã e uma vez à noite, por 15 minutos. Quando sentir que a onda de calor está chegando, comece a respirar profundamente para controlá-la.

 

  • Tenha uma alimentação equilibrada e controle o peso através consumindo mais vegetais, gorduras saudáveis e proteínas magras. Alguns exemplos são os produtos de soja, clara de ovo, frango, peixes, frutos do mar, iogurte desnatado, folhas verde-escuras, frutas tropicais e castanhas
  • Não consuma carboidratos simples como açúcar. Alimentos desse tipo aumentam a produção de insulina, um hormônio que retém a gordura. Quando o nível de insulina cai, o corpo começa a eliminar gordura. Isso também ajuda os rins a se livrarem do excesso de água e sódio, reduzindo o inchaço causado pela retenção de líquidos.
  • Evite a cafeína e o álcool. A cafeína contribui para os fogachos e alterações de humor próprias da menopausa. Substitua o café por água, chás de ervas ou água com gás com suco de limão. Chocolate também contém cafeína, cuidado!
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Outubro Rosa: O Câncer de mama pode desencadear depressão; saiba como é o diagnóstico e tratamento

Publicado

em

Por

 

A especialista Katherine Maurente conta como a doença afeta o emocional do paciente

O diagnóstico de câncer de mama geralmente provoca um choque emocional na vida de pacientes, que precisam lidar com medos e incertezas.

Dados de um estudo do Observatório de Oncologia mostram que a chance de uma paciente com câncer de mama desenvolver a depressão chega a 25%, enquanto a prevalência da patologia é de 3,5% a 7% em todas as mulheres.

“A descoberta de uma doença nunca é algo fácil. No caso do câncer de mama além de gerar medo pela morte, existe também a questão da aparência.
Sendo assim, existe uma dificuldade muito grande em fazer o diagnóstico da depressão pois existe já uma tristeza após o diagnóstico do câncer”, explica a estudante de psicologia e enfermeira Katherine Maurente.

Segundo o manual diagnóstico e estatístico dos transtornos mentais ( DSM-V ), caracteriza-se como depressão pelo menos cinco ou mais dos seguintes sintomas persistentes por mais de duas semanas:

– Humor deprimido na maioria dos dias;
– Perda ou ganho de peso sem estar na dieta;
– Aumento ou diminuição do apetite;
– Insônia ou outros distúrbios do sono;
– Fadiga e perda de energia;
– Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada;
– Capacidade diminuída de pensar, concentar ou indecisão;
– Preocupação com a morte e ideação ao suicídio;
– Crises de choro.

Segundo Katherine, geralmente os tratamentos são feitos com:

– Medicamentos;
– Psicoterapias;
– Terapias de grupo;
– Atividade física;
– Apoio familiar e de amigos
– Sempre praticar hobbies, como dançar, desenhar, pintar entre outros.

Siga Katherine em suas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/enf.katherine/

Facebook: https://www.facebook.com/Enfkatherinemaurentecoach

Continue Lendo

Saúde

Suplementos alimentares realmente aumentam o desempenho atlético? Especialista responde

Publicado

em

Pixabay / MF Press Global
O mercado de suplementos alimentares cresce em todo mundo, e também cresce a variedade de produtos e marcas disponíveis. Em geral, atletas de alto rendimento tem recorrido a esse tipo de substância em busca de melhorias de performance e ganhos musculares.

Matheus Adma, campeão brasileiro e mundial de jiu-jitsu (BJJ Pro) 2018 NOGI e fundador do grupo Oxigênio é especialista no assunto e um dos adeptos ao uso de suplementos alimentares como impulsionador para a prática desportiva. No entanto, ele alerta que não existe apenas uma definição no que tange a suplementos: “ele ajuda na reparação do tecido muscular e evita o catabolismo. Então para nós que somos atletas é algo primordial. Um pré-treino, BCAA, whey protein são alguns dos suplementos que nos ajudam a evitar lesões, aumentar a massa magra e maximizar nosso resultado no que diz respeito à performance atlética. Mas para realmente obter resultados, é preciso que o consumo dos suplementos esteja adequado ao programa alimentar, história clínica, composição corporal, modalidade esportiva, ciclo/fase e objetivos do treinamento. A prescrição deve ser feita de forma individualizada, revista em diferentes fases de treinamento e desafios”.

Pixabay / MF Press Global

Tipos de Suplementos

O atleta aponta que existem diversos tipos de suplementos, categorizados de acordo com as necessidades nutricionais e atividades de cada esportista:

Alimentos esportivos: produtos que fornecem energia e nutrientes especificamente para suporte nutricional geral ou para uso direcionado ao exercício (ex.: bebidas esportivas, géis de carboidratos, barras de proteínas);

Nutrientes ou substâncias isoladas: (ex.: creatina, beta-alanina, cafeína…);

Suplementos que melhoram diretamente o desempenho esportivo: cafeína, creatina, nitrato (presente nas folhas verdes – espinafre, rúcula, aipo – e na beterraba), beta-alanina, bicarbonato de sódio.

Suplementos esportivos usados para fornecer energia: bebidas esportivas (ricas em carboidratos eletrólitos), barras de proteína e barras energéticas, gel de carboidratos, substitutos líquidos de refeições (shake), proteínas em pó (whey protein), reposição hidroeletrolítica (pó, pastilha ou cápsula de eletrólitos ex.: sódio, cloro, potássio, magnésio), alimentos ricos em proteínas (leite, iogurtes, biscoitos).

Suplementos que melhoram Indiretamente o desempenho esportivo: apoiando a saúde do atleta, a composição corporal e sua capacidade de treinar duro, recuperar-se rapidamente, adaptar-se da melhor forma, evitar ou se recuperar de lesões e tolerar dor.

Prevenção imunológica: probióticos, vitamina D, vitamina C, polifenóis (ex.: quercetina), carboidratos.

Desenvolvimento de novos produtos

Como CEO do grupo Oxigênio, Matheus Adma também tem participação no desenvolvimento de novos suplementos alimentares, e utiliza sua experiência como atleta para direcionar estudos que levem a criação de produtos que realmente tenham como resultado aumento de performance: “estamos sempre em busca de aprimoramento e de atender às necessidades dos atletas, tendo como base também não apenas uma equipe de cientistas e engenheiros competente, mas minha experiência desportiva. Existem várias motivações ou objetivos para o consumo, seja para corrigir ou prevenir deficiências nutricionais que possam prejudicar a saúde ou o desempenho; para fornecimento adequado de energia e nutrientes; alcançar um benefício específico e direto de desempenho em treino e competição; para melhor desempenho (treinar em maior intensidade ou maior volume); acelerar e melhorar a recuperação do treinamento; otimização da massa e composição corporal (ex: aumento de massa muscular e redução de gordura corporal); atuar no sistema imunológico prevenindo doenças (trato respiratório, sistema gastrointestinal…); reduzir riscos de lesões e doenças; para ganho financeiro com patrocínio; porque produtos são fornecidos gratuitamente; porque acreditam que outros atletas estão usando determinado suplemento”.

Continue Lendo

Saúde

Especialista promove semana de saúde bucal para mostrar os benefícios da ortodontia invisível

Publicado

em

Enan Correia / Real Fotos

Muitas pessoas tem curiosidade em conhecer mais sobre os benefícios da ortodontia invisível, que é uma técnica originária dos Estados Unidos criada pela Align Tecnology para substituir os aparelhos tradicionais de metal, utilizados pelos dentistas em procedimentos ortodônticos. No entanto, poucos profissionais dominam a técnica no país e por este motivo, para muitos ainda parece algo distante da realidade.

Pensando nisto, o Dr. Luis Gustavo Menegucci, especialista em ortodontia e estética, que ficou conhecido como ‘Mágico da Ortodontia’, irá realizar em Belo Horizonte a semana do Invisalign, de 9 a 14 de setembro, para proporcionar àqueles que tem interesse em conhecer a metodologia e seus resultados: “o propósito de realizar esta semana de ortodontia e alinhadores invisíveis é proporcionar às pessoas a possibilidade de ter contato com o itero (scaner que simula o resultado final) do procedimento e conhecer o aparelho, ter os alinhadores invisíveis em mãos, além de tirar todas as dúvidas sobre o procedimento”.

Enan Correia / Real Fotos

Graças a mais moderna tecnologia digital, o Dr. Menegucci afirma que além de ser possível mostrar ao paciente uma previsão do resultado final do tratamento com os alinhadores, também se pode estimar com boa precisão a duração do tratamento: “com isto, podemos reduzir o tempo de uso dos aparelhos e do tratamento, acelerando-o e trazendo resultados até 4 vezes mais rápido do que com o uso de alinhadores comuns”.

O objetivo do Dr. Menegucci é popularizar a técnica no Brasil, proporcionando para o paciente uma experiência menos incômoda, mais estética e tecnológica: “A magia está na tecnologia. O diferencial do meu trabalho, além de proporcionar um ganho de auto estima e estético superior ao que se costuma oferecer com os tratamentos tradicionais, é realizar um planejamento digital, onde o paciente consegue saber o resultado final do tratamento antes mesmo de iniciar. Isto é algo que só traz vantagens para o paciente”.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas