Conecte-se com

Estilo de Vida

Entenda como ocorre a queda capilar pós-parto e saiba como se prevenir

Publicado

em

Aumento dos hormônios femininos na gestação melhora a qualidade do cabelo, mas no pós-parto acontece uma queda acentuada desses hormônios, que pode favorecer a

São Paulo – 19/03/2019 – Durante a gestação, muitas mulheres experimentam uma fase de intensas transformações e algumas delas são sentidas nos cabelos, que ficam extremamente brilhantes, densos, proteicos e com crescimento acima da média. “Isso ocorre durante a gestação por conta do estímulo dos hormônios femininos nos cabelos, que ficam em fase anágena, de crescimento. Então toda gestante, a não ser aquelas com deficiência de ferro, anemia ferropriva, deficiência de ácido fólico ou ainda de vitamina D, tem uma qualidade capilar de excelência assim como um crescimento ungueal que acompanha a questão capilar”, afirma a dermatologista , membro da Sociedade Brasileira de e da Academia Americana de . No entanto, no período de pós-parto há uma grande preocupação com a queda dos fios.

De acordo com a médica, enquanto na gestação o aumento dos hormônios femininos provoca uma vasodilatação para o bulbo capilar trazendo mais oxigênio e nutrientes, mantendo os fios na fase de crescimento por longo período, privilegiando o crescimento, o aspecto saudável e a beleza dos fios; no pós-parto acontece uma diminuição acentuada dos hormônios femininos como o estradiol e a progesterona, que durante a gestação mantém os fios fortes, brilhantes e com crescimento acelerado e protegidos da ação dos andróginos.

Este quadro pode começar principalmente nos primeiros quatro a seis meses, pode ocorrer o eflúvio telógeno pós-gestacional, com queda intensa dos fios. “Há uma baixa dos hormônios femininos no pós-parto e no pós-cesárea pelo próprio estresse do período pós-cirúrgico e muitas vezes com casos em que a paciente não dorme o suficiente e não se alimenta como deveria, além da questão da amamentação, o quadro de estresse físico e emocional com alteração hormonal pode levar à queda capilar”, afirma a dermatologista. “Então o que eu recomendo no último trimestre é a introdução de vitaminas para melhorar a performance capilar, melhorando a característica de nutrição e introduzo silício orgânico Exsynutriment no último trimestre para que a gente previna a questão da queda capilar ou a miniaturização dos fios do cabelo, com a perda da densidade e ancoragem dos fios em relação ao couro”, afirma.

Segundo a Dra. Claudia, essa é uma característica importante a ser pensada, observada e prevenida. “Se isso não for feito e o quadro ocorre, nós devemos entrar imediatamente com altas dosagens de vitaminas, checar os níveis férricos e as questões relacionadas aos hormônios femininos e a tireoide, as vitaminas como D, zinco e o ácido fólico; e fazer o uso de substâncias específicas se elas tiverem carência ou a reposição de um aporte nutricional que seja específico para a parte capilar.”

Com relação à suplementação nutricional para o cabelo já no terceiro trimestre, a médica explica que essas vitaminas são ricas em Exsynutriment, Bio-Arct, biotina, cistina, ornitina, colágeno peptídeo, taurina, arginina, metionina e reposição de ferro e zinco além de ácido fólico. Além disso, alguns cuidados tópicos podem ser colocados em prática, como a utilização de xampus ricos em bio-restore, aloe vera, reparage, capixyl e capilisil e uso de fatores de crescimento como o cobre peptídeo o fibroblasto ácido. “E, no consultório, após o nascimento, pode ser usada a plataforma de microagulhamento de ouro ou laser fracionado não ablativo como o erbium glass 1565 associado a drug delivery e utilização de led com luz infrared, que são tratamentos de escolha com excelentes resultados para o crescimento capilar”, finaliza a médica.

Fonte: DRA. CLAUDIA MARÇAL – É médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Dandelin é opção para médicos conseguirem mais pacientes

Publicado

em

Aplicativo com princípios de economia compartilhada leva acesso para quem não tem plano de saúde ou não quer depender sempre do SUS

Os médicos regulamentados pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) para exercer suas especialidades têm na Dandelin uma aliada para alcançar ainda mais pacientes e oferecer tratamento de qualidade à população que ou não tem plano de saúde e não pode depender sempre do SUS (Sistema Único de Saúde). No modelo da plataforma, não é necessário aporte financeiro para começar a atender, o aumento anual é de até 50% do valor pago por consulta, o médico não desembolsa nenhuma taxa e, após três anos, pode ganhar o mesmo que em consultórios particulares.

A Dandelin é uma startup que surgiu em abril de 2018 e utiliza economia compartilhada para oferecer consultas acessíveis, socializando os custos reais entre todos os membros de sua comunidade. Com o aplicativo, os usuários não pagam o preço da consulta, mas uma mensalidade variável. O valor cobrado pelo aplicativo Dandelin é dividido entre todos os membros da comunidade. A mensalidade nunca ultrapassará R$ 100.

Além de democratizar o acesso à saúde, a Dandelin ainda oferece aos médicos um software de agendamento de consultas e gerenciamento de operações do consultório como forma de captação de pacientes. O serviço é gratuito e centraliza as informações de maneira prática e econômica, já que as ferramentas tradicionais costumam pesar no orçamento dos profissionais.

Outro benefício financeiro que o Dandelin oferece aos médicos está no valor repassado por consulta. Diferentemente dos planos de saúde, a startup elimina taxas que os profissionais precisam repassar às seguradoras. No formato tradicional, os médicos atendem muitos pacientes por dia para conseguirem cobrir seus custos. Ou seja, ao mesmo tempo que o Dandelin ajuda os médicos, também oferece maior qualidade às consultas, já que os pacientes não são atendidos às pressas.

SOBRE O DANDELIN

Desenvolvido com base em princípios de economia compartilhada, o Dandelin é um aplicativo que conecta pacientes a médicos. A plataforma facilita o agendamento de consultas, que são realizadas nos consultórios dos profissionais cadastrados. Assim, o paciente poderá procurar médicos por localização, especialidade, disponibilidade de agenda, sintomas ou pelo próprio nome do profissional.

A plataforma socializa os custos reais de consultas entre todos os membros de sua comunidade. O valor mensal médio para ter acesso ilimitado a consultas médicas é variável e depende do número de consultas que os membros da comunidade realizarem durante cada mês.

Continue Lendo

Estilo de Vida

Tricotilomania: Compulsão incontrolável por arrancar os fios de cabelo

Publicado

em

Dr. Thiago Bianco fala sobre essa doença que pode causar calvície

A Tricotilomania é um distúrbio psíquico cuja principal característica é uma compulsão incontrolável por arrancar os fios de cabelo. Muitas vezes isso acaba levando os pacientes para áreas de calvície.

A Tricotilomania aparece frequentemente na adolescência, o que acaba facilitando o tratamento. Há dois tipos da doença: a focada, quando o paciente tem mesmo a intenção de puxar os cabelos para controlar alguma experiência desagradável, isto é, para aliviar o estresse que vivencia no momento; e a automática, onde o paciente faz sem perceber que está fazendo, ou seja, de modo inconsciente.

O transtorno, que já foi considerado raro, hoje é muito comum. Ele é parecido com o transtorno obsessivo-compulsivo e com o transtorno do controle de impulsos, porque há um aumento da tensão antes de puxar o cabelo e alívio da tensão ou gratificação após tê-lo puxado. Suas causas não são tão aparentes.

Existem alguns tratamentos para combater a Tricotilomania. A primeira medida é a ingestão de medicamento prescrito por psiquiatra. Além disso, o paciente deve submeter-se à psicoterapia, para que tenha conhecimento da origem do problema.

Do ponto de vista físico, após sucessivas trações de uma mesma área do cabelo, a calvície se torna irreversível, principalmente quando o distúrbio psíquico chega à idade adulta. Para estes casos, o médico Thiago Bianco, cirurgião de transplante capilar, indica as restaurações cirúrgicas. “Estes pacientes, após o tratamento psiquiátricos com medicamentos e psicoterapia, devem aguardar dois anos após se verem livres da compulsão”, alertou.

Há duas técnicas de implante capilar: a FUT e a FUE. A FUT (Follicular Unit Transplantation), mais tradicional, consiste na remoção de uma faixa de couro cabeludo, da região da nuca, que contenha os folículos pilosos. Estes folículos são transplantados às áreas de calvície e, na região onde a faixa foi retirada, fica uma cicatriz muito fina, que será coberta pelos fios de cabelo. Já a FUE (Follicular Unit Extraction) é uma técnica conhecida como transplante sem cicatriz. Ao invés de retirar uma faixa de couro cabeludo da região da nuca, o cirurgião extrai as unidades uma por uma, selecionando as melhores. Tais técnicas são realizadas sob anestesia local, em centros cirúrgicos, e o paciente é liberado no mesmo dia. Com tratamento físico adequado e apoio de um profissional de psicoterapia é possível amenizar e até acabar com o transtorno da Tricotilomania.

 Dr. Thiago Bianco, médico expert em transplantes capilares – considerado um dos pioneiros a realizar a técnica de implante microfolicular guiado por vídeo. Dr. Thiago Bianco foi graduado em Medicina em 2006, e especializou-se em cirurgia geral e trauma, além de direcionar sua carreira para a área de implante capilar. Membro titular da ISHRS (International Society of Hair Restoration Surgery), atualmente realiza um trabalho pioneiro com as técnicas de FUT (Follicular Unit Transplant) e FUE (Follicular Unit Extraction) para o transplante capilar de barba e de sobrancelha. Site: https://www.thiagobianco.com.br

Continue Lendo

Estilo de Vida

Mês das noivas e a Despedida de Solteira delAS!

Publicado

em

Cada detalhe conta!

Foi se o tempo em que só os homens com um pé no altar comemoravam o fim da solteirice! Hoje a mulherada se despede dessa fase da vida em grande estilo! Bar, balada, show, Day Spa, viagem com todas as amigas e madrinhas, barco, muitos drinks e um cardápio escolhido a dedo! Na Despedida Delas, vale tudo! Sem contar os acessórios e o tema de cada Despedida! O mês de maio que é considerado o mês das noivas, conta com várias Despedidas de Solteira e são tão diferentes e únicas que se tornam um momento especial e lembrado para sempre na vida de todas as participantes dessa comemoração.

“As noivas são detalhistas e quando resolvem fazer sua Despedida de Solteira, elas querem tudo perfeito! Por isso elas nos procuram! Com a gente nada saí errado!”, explica Eduardo Vespa, idealizador e proprietário da Agência Hangover (AH!) – startup pioneira e especializada em Despedida de Solteiro(a) no Brasil e no mundo.

A Despedida de Solteira é uma das comemorações pré casamento mais esperada pelas noivas, madrinhas e amigas e aos poucos vem se tornando “obrigatória” se tornando um um caso de amor entre todas as participantes da comemoração. De acordo com Eduardo, as mulheres hoje prezam para que sua comemoração seja tão divertida e incrível quanto a dos homens e sabem da importância desse momento. “No final o objetivo é ter história para contar da sua Despedida! Muitas madrinhas e amigas da noiva não se conhecem e só vão se encontrar no altar, então que tal adiantar e todas se conhecerem antes para no dia do casamento estarem mais “próximas”?!” É uma ótima opção para todas as pessoas importantes da noiva e que estaram presente no casamento se conhecerem antes do grande dia.

Sobre locais e estilos das Despedidas de Solteira, Eduardo fala que já fez de tudo do mais comum ao mais diferente, mas o a Despedida das noivas que acontece com mais frequência é a viagem com todas as amigas e madrinhas. “A Hangover tem realizado bastante Despedidas de Solteira no litoral. As cidades praianas são um ótimo cenário e ainda conseguimos criar programações diurnas e noturnas. Os passeios em alto mar, também são os preferidos por elas.”

Mulheres já são exigentes por natureza, imagina para planejar uma Despedida de Solteira que é o evento pré casamento mais importante?! A Agência Hangover não trabalha com pacotes fechados e sabe que cada noiva tem um perfil diferente e único. “Cada uma tem seu gosto particular e a Hangover se adequa a cada um desses perfis. Não medimos esforços para tudo sair como a noiva imaginava. Já realizamos inúmeras Despedidas para elas e todos os feedbacks foram incríveis”, fala Eduardo.

As mulheres vieram para quebrar as barreiras e mostrar de fato que também são merecedoras de comemorar em grande estilo o fim da sua vida de solteira! A Hangover está disponível para realizar qualquer tipo de Despedida de Solteira e em qualquer lugar do mundo.

Site: www.agenciahangover.com

Instagram: @agenciahangover

E-mail: suadespedida@agenciahangover.com

Contato: (11)2379.2388
(11) 94144.2931

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Publicidade

Eventos

Próximos eventos

  1. Thiago Ventura em Jacareí (SP)

    abril 26 @ 21:00 - 23:00
  2. Após sucesso de vendas, Milton Nascimento abre data extra no Espaço das Américas

    abril 28 @ 18:00 - 22:00
Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas