Conecte-se com

Esportes

GP Brasil de Fórmula 1 – 2019: ingressos à venda

Publicado

em

Os ingressos para o  Grande Prêmio do Brasil 2019 já estão à venda no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br. O evento acontece nos dias 15, 16 e 17 de novembro no autódromo de , em São Paulo. A compra (máximo de 5 ingressos por CPF/CNPJ) poderá ser efetuada em até oito vezes sem juros através dos cartões Visa, MasterCard, Elo e Amex. O número de prestações será reduzido gradualmente ao longo dos meses. Há ainda a opção de cartão de débito – Visa Electron, Master e Elo – em parcela única.

A novidade para este ano é a arquibancada coberta ‘R’, na Reta Oposta, com excelente visão da pista, ao lado dos setores ‘G’ e ‘Q’. Como nos anos anteriores, o ‘G’ e ‘Q’ representam áreas distintas, embora similares. O ‘G’, preferencialmente, é dedicado às torcidas organizadas da Fórmula 1 e grandes grupos enquanto o setor ‘Q’ recebe famílias ou torcedores individuais. Os setores com ingressos de meia-entrada são o ‘A’, ‘G’, ‘M’, ‘Q’ e ‘R’, com a apresentação da documentação necessária.

Os ingressos para área VIP, além de alimentação, incluem visitas aos boxes: o Orange Tree Club (sexta e sábado) e o Interlagos Club e Premium Paddock Club – Star Lounge (sexta, sábado e domingo).

A deste ano promete mais emoções. Com a nova aerodinâmica, favorecendo as ultrapassagens, o traçado de Interlagos que alterna curvas e retas velozes poderá proporcionar grandes disputas. A presença de pilotos novos e ousados como Charles Leclerc (Ferrari), Lando Norris (McLaren) ou Pierre Gasly (Red Bull) poderá dificultar o caminho do pentacampeão mundial Lewis Hamilton (Mercedes), do tetracampeão Sebastian Vettel (Ferrari) e do desafiante Max Verstappen (Red Bull), favoritos da temporada.

Os ingressos para a corrida, informações e imagens em 360 graus dos setores estão disponíveis no site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br.  O de F1 também está no InstagramFacebook: @gpbrasilf1.

 

Esportes

Caso Neymar: vazamento de conversa compromete Mauro Naves

Publicado

em

A imagem do jornalista Mauro Naves, afastado da Globo por possível envolvimento do caso Neymar, pode se complicar ainda mais. No último dia 28 de maio, houve uma conversa entre Najila Trindade, que acusa Neymar de estupro, e o advogado José Edgard Bueno, e que acabou sendo vazada para piorar a situação. A informação foi publicada inicialmente pelo blog Notícias da TV, do UOL.

O jornalista, que admitiu à emissora que é amigo de José Edgard Bueno, estava em Teresópolis naquele dia, acompanhando o preparo da Seleção Brasileira para a Copa América.

– Naj, estou em Teresópolis conversando com a pessoa que, eventualmente, poderá ajudar no encaminhamento do acordo. O laudo médico ficou pronto, está excelente. Preciso que você me mande agora aquela foto de como ficou roxo e bem feio. Mande também a mensagem do babaca mandando a foto pra você. Quero sair daqui com uma solução encaminhada – em mensagem pelo Whatsapp.

No dia do afastamento de Mauro Naves, em nota lida por Willian Bonner, durante o Jornal Nacional, o jornalista estaria sendo afastado por te passado o contato do Pai de Neymar para o advogado José Edgard Bueno, em troca de uma exclusiva.

Entretanto, com o vazamento desta conversa, pode se desconfiar que Mauro Naves poderia saber, antes de todos, que Neymar estaria sendo acusado de estupro, mas não a divulgou para ‘abafar’ a situação.

Continue Lendo

Esportes

Caso Neymar engrossa lista de jogadores de futebol acusados de estupro

Publicado

em

Conheça outras sete histórias de boleiros denunciados por violência sexual

Em meio a um ano agitado – com lesões, corte, polêmicas e, agora, uma investigação por um suposto caso de estupro –, Neymar Jr. enfrenta um dos momentos mais delicados da carreira.

O camisa 10 da seleção brasileira e do Paris Saint German é acusado de estuprar uma brasileira em um quarto de hotel da capital francesa.

E o jogador de 27 anos não foi o único a se envolver em casos semelhantes.

1 – Robinho

O ex-jogador da seleção brasileira, que atualmente está jogando pelo Sivasspor, da Turquia, foi condenado, em novembro de 2017, a nove anos de prisão por “violência sexual em grupo” contra uma jovem albanesa. O jogador recorreu e segue em liberdade enquanto o caso ainda está em curso. A acusação é de um caso ocorrido numa boate em Milão, em janeiro de 2013, quando o jogador estava no Milan. O crime teria acontecido em conjunto com outros cinco homens.

Essa, no entanto, não foi a primeira acusação do craque. Em 2009, quando defendia Manchester City, Robinho foi acusado de estuprar uma jovem em uma boate. Após investigação policial, foi comprovado que a jovem estava mentindo e ela foi condenada pela justiça.

2 – Cristiano Ronaldo

A norte-americana Kathryn Mayorga acusou o craque da seleção Lusa de tê-la forçado a ter relações sexuais com ele, em um hotel em Las Vegas, em 2009. O atleta negou ter cometido o crime, mas chegou a pagar uma indenização à moça, um acordo para manter o silêncio de Mayorga em troca de US$ 375 mil.

Nesta quarta-feira (5), no entanto, de acordo com a agência de notícias Bloomberg, a acusação feita pela modelo foi retirada do tribunal estadual de Nevada, em Las Vegas, há cerca de um mês. O que não se sabe ainda é se Mayorga e Cristiano fizeram um novo acordo ou não.

3 – Mancini

O ex-jogador fechou a carreira como meia-campista no Atlético Mineiro. Mas antes, se envolveu em um dos casos mais graves envolvendo denúncias feitas por mulheres. Mancini foi acusado e condenado a dois anos e oito meses de prisão sob acusação de ter violentado sexualmente uma modelo brasileira na Itália.

O crime teria acontecido em 2010, quando Mancini jogava pelo Milan, em uma festa na casa do colega e ex-jogador Ronaldinho Gaúcho. Mancini foi acusado de ter praticado relações com a mulher enquanto ela estava desmaiada. Hoje ele está aposentado.

 

 

Continue Lendo

Esportes

Com desfalques, Fla recebe o Timão e tenta avançar na Copa do Brasil

Publicado

em

Se por um acaso você acha que terça feira e futebol não tem nada a ver, você está errado. Na noite desta terça, as duas maiores torcidas do país param para ver um jogão que promete pegar fogo.

No Maracanã, Flamengo e Corinthians se enfrentam pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Além do apoio da torcida, que promete comparecer em peso, o Mengão tem a vantagem do empate, já que venceu o jogo de ida por um a zero, graças ao gol de Willian Arão. O técnico interino Marcello Salles terá três desfalques gringos. Arrascaeta, Cuellar e Trauco foram convocados para a Copa América por suas seleções e não entram em campo.

Para o Timão, só a vitória interessa. A equipe paulista precisa vencer por dois gols de diferença para seguir na competição sem precisar da disputa de pênaltis. O Alvinegro não contará com o lateral Fagner, que não se recuperou de lesão. Mateus Vital e Pedrinho, que estão com a seleção olímpica, também não jogam.

A bola rola para Flamengo e Corinthians a partir das nove e meia da noite, horário de Brasília.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Publicidade

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas