Conecte-se com

Música

Kanduras lança Lyric vídeo da canção ‘Pedi a Conta’

Publicado

em

A banda Kanduras lançou, na última semana, o lyric vídeo do single Pedi a Conta, que integra o próximo álbum do grupo, intitulado Dístico. “Quem é que sabe do paradeiro das coisas que eu sentia aqui dentro”, são os primeiros versos da faixa, escrita por Raphael Thebas, Guitarrista e a voz da banda.

Composta por Wellington “Junior Breed” (Bateria), Daniel Carvalho (Sax Tenor), Marcelo Gasperin “Marceleza (contrabaixo), Vitor Placucci (guitarra e back in vocal), Rafael Cardoso (trompete) e Raphael Thebas (voz e guitarra) , a Kanduras, trará um ar um pouco diferente nesse novo trabalho, será uma reflexão dos momentos e divisões que os integrantes viveram no último ano. Distico, elucidará a dualidade, o movimento que faz parte do cotidiano, mostrando as mudanças de postura, fases e amores.

Kanduras surgiu em 2016, em São Paulo, com o EP de estreia, Caminhar (2016), no ano seguinte lançou Seus Planos (2017).

Dístico será o primeiro álbum do sexteto paulistano. O Trabalho será dividido em três partes, a primeira deve sair em novembro com 4 faixas, a segunda no primeiro semestre de 2020, também com 4 faixas inéditas, e a terceira contemplará a junção das partes anteriores com mais 2 canções extras.

 

Assista ao lyric vídeo de Pedi a Conta: 

 

 

Redes Sociais: 

https://www.instagram.com/kandurasoficial/

https://www.facebook.com/bandakanduras/

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

FLORA lança “Triângulos”

Publicado

em

Por

Triângulos – primeiro single que FLORA disponibiliza do seu álbum de estreia – é carnal, é sagrado feminino, é não-binário também. E a cantora e compositora sabe dar seu recado com leveza. “Eu queria que o amor falasse do amor, que o desejo falasse do desejo. Deixar pulsar essa subjetividade sem nenhum tipo de repressão do afeto. Se dispor, se despir e lutar”, afirma.

“O coração a gente vê depois. Se você tiver vontade eu quero”, diz o refrão que se repete muitas e muitas vezes na cabeça já após a primeira audição. Produzido por Wado, “Triângulos” chega nesta quinta-feira (31), nos aplicativos de música através da LAB 344, acompanhado por clipe dirigido por Letícia Pires. Nas cenas, referências do neoconcretismo, da fotografia surrealista e do contemporâneo.

FLORA. Foto: Fábio Audi

Um filtro de cristal foi usado na lente como uma forma de simular fotografias analógicas em baixa exposição. “O trabalho de cor também foi pensado sob uma perspectiva analógica, não pela estética em si, mas para buscar ao máximo uma materialidade na imagem. Uma textura, algo que me desse a sensação de que eu posso tocar, de que em determinado momento eu poderia arrancar o filme da projeção e pegar com as mãos, diminuir minha angústia pelo mundo imaterial da imagem e aproximar do corpo”, explica FLORA.

A cantora conta que a imagem dos triângulos invertidos é uma alusão mesmo ao órgão feminino como potência. “Procurei usar a geometria como uma metáfora da consciência e da razão em contraste com a minha languidez passional que traz os fluidos e o vermelho-sangue como pulsão de vida. Há um momento em que eu costuro, eu remendo em que quero dizer: eu construo, eu aguento” , detalha.

FLORA. Foto: Fábio Audi

FLORA é artista na essência. Daquelas que gostam de roçar na sensação com a pele. Artista bicho, que valoriza o toque, o olhar, o que cada movimento tem a dizer. Filha de artistas plásticos, cresceu num ateliê de pintura, estudou teatro e cursa História da Arte. FLORA canta suave, traz uma poesia bonita e de fácil entendimento. Contra o patriarcado, é uma defensora do jogo do afeto e do amor. Seu sotaque alagoano é um charme. Foi em Maceió que ela cresceu, apesar de ter nascido no Rio de Janeiro.

Por lá, viveu um dos momentos mais especiais da vida: abriu o show “Vidas para contar” de Djavan. Seu primeiro álbum completo vai chegar nos próximos meses, mas “Triângulos” já é uma grata amostra do que FLORA tem para somar com seu talento.

Veja “Triângulos”:

Continue Lendo

Entretenimento

Júlia Galamba lança projeto acústico “Microfonado”

Publicado

em

Por

A cantora e compositora Júlia Galamba lançou nesta quinta-feira (24), em todas as plataformas digitais e no canal do YouTube do Midas Music, seu projeto do “Microfonado”, gravado em agosto, nos estúdios da gravadora, em São Paulo. O projeto totalmente acústico vem desplugado dos cabos, amplificadores, altos-falantes e fones de ouvido, com a intenção de dar uma sensação de imersão para o público, ao ouvir, se sentir dentro do estúdio com a artista.

Fazem parte do repertório a música já conhecida “Me Faz Melhor”, agora com uma nova roupagem, e as inéditas “Sou Assim” e “Outra vez”. Todas são de autorias da própria artista, que se orgulha do resultado.

“As duas inéditas foram pensadas especialmente para o Microfonado” e não tem outra roupagem. Quando compus, elas caíram certinho com a proposta do projeto e logo me convidaram para participar”, diz Júlia.

“As coisas estão acontecendo e o Rick Bonadio me deu essa oportunidade de participar do ‘Microfonado e fiquei muito feliz, porque é uma forma de divulgar meu trabalho. A cada dia ao lado dele, aprendo mais. Acho que todos que estão rodeados por ele aprende muito”, conclui Júlia.

Como grandes inspirações, a cantora têm Kell Smith e Vitor Kley, que fazem parte do Midas. Assim como no estilo musical e na letra, Júlia Galamba preza também em passar em suas músicas, mensagens e histórias que podem refletir, além de falar de toda a forma de amor.

Ouça aqui:

Assista aqui:
“Sou Assim”:

“Outra Vez”:

“Me Faz Melhor”:

Continue Lendo

Música

Cesinha e Matheus lançam “Prova do Crime”

Publicado

em

Por

Cesinha e Matheus lançaram, no canal oficial do YouTube, a música “Prova do crime”. A faixa autoral faz parte do trabalho “Sofreu bebeu”, disponibilizado por completo na última sexta-feira, em todas as plataformas digitais. Das composições para os palcos, a dupla chega ao mercado sertanejo como uma grande aposta, agora também como intérpretes.

Hoje eles, que nasceram em Presidente Prudente, interior de São Paulo, residem em Maringá/PR e se dedicam por completo a atual fase da carreira.

Cantar sempre foi um sonho pra gente, a música está muito viva nos nossos dias, por isto, este trabalho é uma grande realização, tanto pra mim quanto pro Cesinha”, conta Matheus, primeira voz da dupla.

As composições de Cesinha e Matheus deram a eles destaque no mercado sertanejo, artistas como Fernando e Sorocaba, Matheus e Kauan, Thaeme e Thiago e Pedro Paulo e Alex já interpretaram suas obras. Agora é a vez dos meninos mostrarem quem são ao público e espalhar, além das letras, suas vozes marcantes.

O trabalho “Sofreu bebeu” teve direção de vídeo de Jacques Junior, produção musical de Felipe Arná, produção geral Ângelo Lima e direção geral de Foguinho MS.

Escolhemos ter ao nosso lado um time envolvido, que estivesse na mesma vibe que a gente, o resultado foi bem legal”, completa Cesinha.

Confira o clipe de “Prova do crime”:

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas