Conecte-se com

Livros

Papa Francisco nada fez para eliminar os abusos de menores por parte do clero

Publicado

em

Os jornalistas e Roberto Beretta investigam 80 mentiras sobre o .

“O antídoto mais radical ao vírus da falsidade é deixar-se purificar pela verdade”. Papa Francisco.

É Bergoglio o primeiro papa a ser criticado? Em Fake Pope – as falsas notícias sobre o Papa Francisco, lançado pela PAULUS Editora, os autores Nello Scavo e Roberto Beretta afirmam que não! Eles explicam que a figura do Papa é há séculos alvo de mentiras. Houve na história pontífices atingidos por fortíssimas acusações.

No entanto, em tempos de amplo debate social pela opinião pública – sobretudo no âmbito digital – as  se tornaram armas poderosíssimas. Na obra, os autores – reconhecidos por cobrir a vida eclesiástica –, apontam algumas falsas notícias, abordam a necessidade de ser discutido o tema e alertam sobre a importância da busca e da averiguação dos fatos.

Nello e Roberto destacam que, contra o Papa Francisco circulam acusações completamente inventadas e que é preciso combater essas falácias, pois as consequências podem comprometer o trabalho de anos, como o da Igreja. “Um tiro de canhão de mentiras ou semi-verdades manipuladas com arte, tem o poder de devastar o trabalho de anos, de injetar uma desconfiança demolidora onde – e é com frequência o caso da Igreja – o resultado final depende dos delicados equilíbrios e da paciência nas relações humanas”, dizem.

Em maio de 2018, o Papa Francisco encaminhou uma mensagem para o 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, com o tema: “A verdade vos tornará livres (Jo 8,32). Fake News e jornalismo de paz”. Neste documento, o pontífice demonstra preocupação e alerta sobre as intenções que podem estar por trás das falsas notícias. “As próprias motivações econômicas e oportunistas da desinformação têm a sua raiz na sede de poder, ter e gozar, que, em última instância, nos torna vítimas de um embuste muito mais trágico do que cada uma das suas manifestações: o embuste do mal”, alerta Papa Francisco.

Para os autores de Fake Pope, não é possível construir nenhuma comunidade humana, muito menos fraterna, onde dominam a suspeita e a desconfiança. A obra, dividida em cinco partes, pretende mostrar que é preciso distinguir para não confundir, é preciso ter discernimento e acima de tudo educar para uma contínua busca à averiguação. “É o discernimento – outro termo muito frequentemente usado pelo Papa Francisco, e de resto típico do patrimônio jesuíta – a receita proposta por Bergoglio contra o pensamento único ou desviado, e seu primeiro ingrediente é a consciência da pessoa. Bem indagada e submetida a averiguações quanto quisermos, porém, responsabilidade sempre pessoal”, concluem Nello Scavo e Roberto Beretta.

Nesta mesma perspectiva, o diretor da Faculdade PAULUS de Comunicação (FAPCOM), Pe. Iraildo Alves de Brito cita o fundador da congregação dos Padres e Irmãos Paulinos, o Bem-Aventurado Tiago Alberione, ao falar sobre a verdade e superficialidade. “Alberione dizia que, a caridade da verdade é a caridade mais sublime. A caridade da verdade, entre outros aspectos, diz respeito à capacidade de não se conformar com as superficialidades. Seja qual for a matéria, o assunto, o problema, faz-se necessário o interesse de aprofundamento para não se deixar enganar, nem se manipular”, enfatiza Padre Iraildo.

Publicidade:Ficha Técnica

Título:  Fake Pope – As falsas notícias sobre o Papa Francisco

Autora: Nello Scavo e Roberto Beretta

Acabamento: Brochura

Formato: 13.0 (larg) x 21 (alt)

Páginas: 272

Área de interesse: Comunicação

 

Nello Scavo é do Avvenire, repórter internacional e cronista judicial. Ao longo dos anos investigou o crime organizado e o terrorismo global, cobrindo muitas áreas “efervescentes” do mundo, como a ex-Iugoslávia, o sudeste asiático, os países da URSS, a América Latina, o Oriente Médio e o Corno da África. Em 2013 partiu para Buenos Aires em busca da verdade sobre a suposta conivência do papa Francisco com as ditaduras sul-americanas, para depois escrever “I sommersi e i salvati di Bergoglio”. Também é autor de “La lista di Bergoglio”, traduzido em mais de 15 idiomas, “I nemici di Francesco”, lançado em 2015 e “Perseguitati”, de 2017.

Roberto Beretta é jornalista e ensaísta. Escreveu mais de vinte sobre temas históricos e religiosos, muitos dos quais tidos como “incômodos”, entre eles “Il lungo autunno: controstoria del Sessantotto cattolico”; “Storia dei preti uccisi dai partigiani”, “Le bugie della Chiesa”; “Da che pulpito… Come difendersi dalle prediche” e ”Chiesa padrona – Strapotere, monopolio e ingerenza nel cattolicesimo italiano”. É um dos autores mais lidos no blog de opinião católica Vino Nuovo.

Livros

5 lições que aprendi depois de ser pai

Publicado

em

Por Rabino Dor Leon Attar

1. Não existe manual
Para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que permite andar de carro nas ruas da cidade, é preciso passar por curso teórico e depois um prático, aguentar a burocracia até que seja possível tirar a habilitação.
Mas, para ser pai, não existe curso. Qualquer um pode ser pai, o segundo papel mais importante (depois da mãe) para criar um ser humano contribuinte para o futuro da humanidade.
Será que é para qualquer um? Quando eu me tornei pai, além de rezar muito para não estragar a vida dessa criatura tão frágil que é 100% dependente, aprendi que a única coisa que preciso é tentar ser o melhor homem que posso ser, minha melhor versão, isso inclui um pai de exemplo.
Dizem que com o primeiro filho você comete todos os erros… não é verdade: até o sétimo filho já dá para pegar o jeito!
Não existe manual, mas muitas opiniões e dicas de como você deve ser como pai e do que o seu filho precisa. Não esquenta, trabalhe em si mesmo para ser uma pessoa melhor.

2. Amor incondicional
Quando eu era mais jovem, pensava que os filmes de Hollywood e a vida das novelas era um relato da vida real do que todos queriam ter: a paixão e a vida romântica… Até que, além de crescer e amadurecer, vi o amor de outra maneira.
Estive atrás daquela sensação do mundo das fantasias, até ter o meu primeiro filho. E, de repente, veio um sentimento que nunca tive antes: assustador e uma alegria que não cabe no corpo.
Uma vez escutei que ter um filho é colocar seu coração fora de você no corpo de outro, que é parte de você, como resultado de uma união.
De uma hora para a outra, sua vida não tem o mesmo valor.
É um amor verdadeiro que não surge de ação ou de qualquer coisa exterior, mas que parte da sua própria essência, é incondicional!

3. Pai exemplo x Pai chefe
Eu comecei minha vida profissional cerca de dez anos antes de virar pai, tanto em formação como em empreendedorismo, e você sempre aprende que para ter sucesso existem duas opções: ser líder ou ser chefe. E todos estão de acordo que o líder é melhor do que o chefe.
O mundo precisa de líderes que fazem você querer ser melhor e te inspirar a fazer a tarefa que necessita ser feita! E ser pai não tem diferença nenhuma!
Meus filhos olham para mim e observam tudo! Não só a forma como falo e o que falo, mas o que faço e como me comporto.
Conhece o ditado “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”? Ele exemplifica a diferença entre um líder e um chefe – e seus filhos sempre farão aquilo que você faz! E, no caso de seus atos não combinarem com sua fala, o fracasso está garantido!

4. Ser criança
Todos nós temos preocupações, algumas grandes e outras pequenas, umas deixam a pessoa acordada a noite, outras são capazes de fazê-la adoecer.
Mas, você já viu uma criança preocupada? Alguém já viu uma criança perdendo sono por problemas que tem que resolver no dia seguinte? Quando acontece esse momento em que uma criança vira um adulto chato e mal-humorado? Ou por que isso acontece? E, mais, para que isso tem que acontecer? Por que não podemos manter o espirito de criança sabendo que tem alguém que cuida de nós e que amanhã é um novo dia e o ontem não existe mais?
Ser criança não significa ser infantil, mas manter a atitude de inovação e renovação todo dia e a cada instante!

5. Minha mãe tinha razão
Lembro que na adolescência, eu, como qualquer outro adolescente, achava que meus pais não entendiam e não sabiam o que era ser eu. Ser adolescente é acreditar que você sabe o que é melhor parar si mesmo, mais do que qualquer outra pessoa!
Mas, virei pai. Tudo que imaginei saber, ou pensei que seria diferente, acabei fazendo igual aos meus pais. Por que? Porque minha mãe tinha razão!
Uma coisa aprendi em negócios: quando você se encontra num dilema moral, ético ou até uma proposta, pergunte para si mesmo: “Será que eu preciso esconder isso da minha mãe? Ou vou ter orgulho a contar para ela?”.
De acordo com a reposta você saberá como agir.

Sobre o Rabino Dor Leon Attar
Nascido em Israel, R. Dor Leon Attar é sargento da reserva da Força de Defesa Israelense, é empresário investidor em várias áreas de atuação. É também escritor do livro O segredo da prosperidade judaica (Literare Books International), além de formado em acupuntura Coreana e medicina chinesa.
R. Dor Leon é um palestrante transformador, pois realiza diversos eventos em todo Brasil tendo como assunto central temas unicamente relativos ao judaísmo e Mentalidade Positiva Judaica, assuntos nos quais R. Dor Leon é treinador especialista e tem ajudado centenas de milhares de pessoas em todo o Brasil a conhecerem profundamente o verdadeiro judaísmo e a transformarem suas vidas.
Residente no Brasil há mais de dez anos, tendo já obtido a cidadania brasileira, fundador da Associação Judaísmo em Ação (AJA – judaísmo), que tem por finalidade de promover a verdade sobre o judaísmo e a sabedoria milenar judaica.

Continue Lendo

Livros

Síndrome do Amor

Publicado

em

DIA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A SÍNDROME DE EDWARDS (T18) TEVE EVENTOS EM VÁRIAS CIDADES DO BRASIL E CHEGA A SÃO PAULO DIA 08 DE JUNHO

Pelo segundo ano consecutivo famílias atuam para informar e sensibilizar sobre a segunda condição genética que mais ocorre no país e ainda é pouco conhecida pelos profissionais de saúde.

Em janeiro de 2017, através de lei estadual em São Paulo, 06 de maio passou a ser o “Dia de Conscientização sobre a Síndrome de Edwards (T18).
O termo, utilizado pelos médicos “Incompatível pela Vida”  motivou o movimento T18 BRASIL que tem como slogan “Todos os Amores são Perfeitos”.

A escolha da data se deu por ser o dia em que nasceu Thales Castelo Branco e Cassiano, em Ribeirão Preto-SP com um cromossomo a mais no par 18, o que configura a Síndrome de Edwards (T18). Com o intuito de informar e formar uma grande rede entre famílias, sua mãe, Marilia Castelo Branco fundou a Associação Síndrome do Amor que acompanha , há 11 anos, mais de 900 casos da síndrome em todo o Brasil e 7 países. “Thales trouxe luz à Síndrome de Edwards no Brasil e precisávamos de uma data especial para falar sobre ela na nossa língua, dentro da nossa realidade.” diz Marília.

Dia 08 de junho, a Câmara Municipal de São Paulo receberá a autora do livro “Todos os Amores são Perfeitos – Relatos sobre a Síndrome de Edwards (T18)” , a Marília Dovigues e a fundadora da Associação Síndrome do Amor, Marília Castelo Branco  para uma roda de conversa a convite do vereador Eliseu Gabriel.

No mesmo dia ficarão expostas fotos de 16 crianças, jovens e adultos que vivem com a síndrome ainda considerada “Incompatível com a Vida” pela Medicina.

“Os eventos têm como objetivo informar,  sensibilizar a sociedade e os profissionais de saúde que ainda se baseiam em artigos científicos desatualizados e nos abordam com a frase devastadora: Seu filho tem uma doença Incompatível com a vida “ explica Rita Pralom coordenadora do movimento, mãe de Maria Letícia, 10 anos, que tem a T18.

Evento: Lançamento do livro “Todos os Amores são Perfeitos – Relatos sobre a Síndrome de Edwards” e roda de conversa
Data: 08 de junho
Horário: 14h00
Local: Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí, 100  São Paulo-SP

Associação Síndrome do Amor
Grupo de Apoio à Famílias de Crianças com Síndromes Genéticas Severas
Entidade sem fins lucrativos fundada em 2007 em Ribeirão Preto-SP
Acompanha 1667 famílias em todo o Brasil e 7 países
sindromedoamor.com.br
sindromedoamor@gmail.com

Continue Lendo

Livros

Brasileiro faz sucesso em Portugal e lança livro no programa de maior audiência no país

Publicado

em

Reprodução / MF Press Global
O personal trainer brasileiro Nilton Bala superou todas as adversidades de recomeçar a vida no estrangeiro e as dificuldades financeiras e se tornou uma referência do fitness em Portugal e uma celebridade. Hoje, aos 39 anos, é um dos personal trainers mais procurados do país e integra no seu rol de alunos nomes como os dos atores José Fidalgo, Lourenço Ortigão e a top model internacional Sara Sampaio.

Conhecido como o PT das Celebridades, Nilton agora lança seu primeiro livro pela Porto Editora “Fique em forma em 28 dias” no programa de maior audiência da televisão portuguesa, o “Programa da Cristina”, na SIC, o que evidencia sua projeção no país.

Reprodução / MF Press Global

Nilton falou sobre o seu livro, que tem a proposta de ajudar as pessoas a mudarem suas vidas através da prática esportiva e colocou a apresentadora da SIC para malhar com ele durante o programa, protagonizando momentos de descontração: “Sempre acreditei que o exercício físico era o caminho para melhorar vidas, em todos os sentidos. Passo a passo, com metas bem definidas é possível não apenas mudar o corpo mas a vida e é essa motivação e orientação que trago nas páginas do meu livro”, comenta.

Além disso, Nilton já é muito conhecido dos portugueses não apenas por ser o Personal das Estrelas, mas também por sua icônica participação no reality show “The Biggest Deal” que projetou ainda mais a sua imagem no país.

O lançamento oficial será dia 25 de Maio no Mar Shopping na cidade do Porto em Portugal. Previsão de lançamento no Brasil ainda indefinida.
Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Publicidade

Eventos

Próximos eventos

  1. Natiruts faz mega show no Espaço das Américas

    maio 24 @ 21:00 - 23:00
  2. Show do Sérgio Reis em Jacareí (SP)

    maio 24 @ 21:00 - 23:30
  3. Slash ft. Myles Kennedy e The Conspirators chegam ao Espaço das Américas

    maio 25 @ 19:30 - 22:30
Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas