Conecte-se com

Esportes

Destino da Argentina é o destaque da terça de Copa

Publicado

em

Todas as atenções desta terça-feira estarão voltadas para o destino da Argentina na . Mas não é a única atração do dia, que tem ainda um interessante França x Dinamarca.

A terça abre com os dois jogos do grupo C, às 11h. Austrália x Peru e Dinamarca x França. Às 15h a decisão é no grupo D, com Islândia x Croácia e Nigéria x Argentina.

Grupo C

A França entrou como uma das favoritas da Copa do Mundo e ainda não praticou um atraente, mas fez o suficiente para conquistar a classificação antecipada na Rússia, com duas vitórias. O rival de terça é a Dinamarca, que joga a classificação e precisa de um empate para não depender do resultado do outro jogo. A dúvida é com que motivação jogarão os franceses. Certamente com jogadores poupados.

“Claro que é diferente quando você chega com seis pontos. Eu tenho opções, então vou olhar para a situação individual de cada jogador, para os cartões amarelos e como posso gerenciar o tempo de jogo deles”, reconheceu Didier Deschamps, deixando claro que sua equipe não vai se contentar com um empate, descartando o velho “jogo de comadres”.

Quem pode tomar a segunda vaga da Dinamarca é a Austrália. Contra o eliminado Peru, a seleção australiana precisa vencer de qualquer forma, e torcer pela França contra os dinamarqueses.

Prováveis escalações

Austrália: Mathew Ryan, Aziz Behich, Mark Milligan, Trent Sainsbury, Josh Risdon, Aaron Mooy, Tom Rogic, Mile Jedinak, Robbie Kruse, Tomi Juric, Mathew Leckie

Peru: Pedro Gallese; Luis Advincula, Christian Ramos, Anderson Santamaria, Miguel Trauco; Renato Tapia, Yoshimar Yotun; Andre Carrillo, Christian Cueva, Edison Flores; Paolo Guerrero.

Dinamarca: Kasper Schmeichel; Henrik Dalsgaard, Simon Kjaer, Andreas Christensen, Jens Stryger Larsen; Lasse Schone, Thomas Delaney, Christian Eriksen; Andreas Cornelius, Martin Braithwaite, Nicolai Jorgensen

França: Hugo Lloris; Benjamin Pavard, Raphael Varane, Presnel Kimpembe, Lucas Hernandez; Paul Pogba, Ngolo Kante, Corentin Tolisso; Nabil Fekir, Antoine Griezmann, Thomas Lemar

Grupo D

O confronto mais dramático do dia será entre Nigéria e Argentina. Uma verdadeira final para as duas equipes. Com três pontos, os nigerianos dependem apenas do seu resultado para passar, e podem o fazer até com empate, dependendo do placar de Islândia (1 ponto) e Croácia (6). Croatas já estão classificados e islandeses ainda tem chances.

Para a Argentina, favorita no grupo apesar da fase ruim, a eliminação ainda na fase de grupos será uma grande decepção. Ainda mais com Messi em campo. Mas a missão não será nada fácil. Além de mostrar mais futebol que nos dois primeiros jogos, os argentinos têm obrigação de vencer. O saldo de gols depois da derrota por 3 a 0 para a Croácia dificulta ainda mais, já que um possível empate em pontos com a Islândia pode levar ao desempate pelo critério.

“Estou convencido que a partir de amanhã (terça) muda a história para esta seleção. Tenho muitos argumentos para acreditar nisso”, discursou um confiante Jorge Sampaoli ao falar sobre a situação de sua equipe.

Prováveis escalações

Nigéria: Francis Uzoho; Kenneth Omeruo, William Ekong, Leon Balogun; Tyronne Ebuehi, Wilfred Ndidi, John Obi Mikel, Oghenekaro Etebo, Victor Moses; Kelechi Iheanacho, Ahmed Musa

Argentina: Franco Armani; Eduardo Salvio, Gabriel Mercado, Nicolas Otamendi, Nicolas Tagliafico; Ever Banega, Javier Mascherano, Enzo Perez, Angel Di Maria; Lionel Messi, Gonzalo Higuain.

Islândia: Hannes Halldorsson; Birkir Saevarsson, Kari Arnason, Ragnar Sigurdson, Hordur Magnusson; Aron Gunnarsson, Emil Hallfredsson, Johann Gudmundsson, Gylfi Sigurdsson, Birkir Bjarnason; Alfred Finnbogason

Croácia: Lovre Kalinic; Tin Jedvaj, Vedran Corluka, Domagoj Vida, Josip Pivaric; Milan Badelj, Mateo Kovacic, Filip Bradaric; Marko Pjaca, Andrej Kramaric, Ivan Perisic

Esportes

Em comemoração ao dia do paraquedismo 27 pessoas saltam de ponte para quebrar recorde

Publicado

em

Por

Hoje (22), é o dia mundial do paraquedismo, a data é uma homenagem a Andrews Jacques Garverin, que em 1797 saltou de um balão e foi imortalizado como o primeiro ser humano a pular de paraquedas.

Em comemoração a essa data o paraquedista brasileiro Vagner Jorge, foi à Rússia e participou da quebra de um novo recorde mundial, em Sóchi. Com um grupo de 27 pessoas de diversas nacionalidades (Rússia, Estados Unidos, Brasil, Turquia, França, Inglaterra e Bielorrússia) Vagner, saltou de uma ponte fixa com 207 metros de altura.

Inicialmente seria um grupo com 28 pessoas, mas um russo teve problemas e o paraquedas abriu antes do salto. O local onde aconteceu o evento se chama SkyPark, é um grande ponto turístico da cidade de Sochi, que além da ponte onde foi quebrado o recorde mundial, tem uma tirolesa com 233 metros.

Um vídeo mostra o exato momento em que o grupo com 27 paraquedistas, batem o recorde pulando da ponte.

 

Sobre Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro, fazia saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele esteve em Moscou na Rússia, onde treinou num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, para aprimorar ainda mais seu voo.

Instagram: https://www.instagram.com/vagnerjorge

 

Foto Divulgação/Felipe Marchesi

Continue Lendo

Esportes

Vagner Jorge é Referência no Paraquedismo

Publicado

em

Por

A grande maioria das pessoas, desconhecem que o paraquedismo é um esporte e uma profissão. Focam apenas em achar que os profissionais que praticam essa modalidade, são só pessoas corajosas ou insanas.

O paraquedista, Vagner Jorge, tem ganhado bastante na área com um trabalho motivacional, que leva as pessoas a confiarem mais em si, através da vivência de novas experiências, em momentos de aventura e superação.

Eu acredito que o paraquedismo é um esporte para todas as idades, uma prova disso foi uma senhora de 86 anos, surda que saltou comigo. Isso me marcou muito, pois pude ver que nunca é tarde para fazer o que se têm vontade, e se você tiver perseverança nenhuma limitação vai te impedir. Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro,  fazia  saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele está em Moscou na Rússia, onde treina num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, a fim de aprimorar seu voo. Nos próximos dias, Vagner se dirige para Sóchi, onde tentará quebrar um recorde, junto a um grupo de 27 amigos. Eles querem ser o maior número de pessoas a saltarem de uma ponte ao mesmo tempo. O recorde atual é de 26 pessoas.

Sobre o Paraquedismo

A prática do paraquedismo é muito antiga, os primeiros registros que se tem, são de 1306 D.C., onde acrobatas chineses saltavam de muralhas com um dispositivo que amortecia a chegada ao solo.

No Brasil o esporte se tornou conhecido com Charles Astor, que lecionou um curso em 1931, no Aeroclube de São Paulo, e até hoje é reverenciado como um dos maiores incentivadores da prática em solo brasileiro.

Siga Vagner no Instagram:

https://www.instagram.com/vagnerjorge

Continue Lendo

Esportes

Diretoria do La Coruña convida o advogado Dr. Jorge Sanchez para conhecer as instalações do clube espanhol

Publicado

em

Por

Dr. Jorge Sanchez, sócio-fundador do escritório Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados, esteve no estádio Riazor, do La Coruña , na Espanha, a convite da diretoria do clube de espanhol por meio do ex-jogador Mauro Silva, que foi campeão do mundo com a seleção brasileira na de 1994 nos EUA, e foi recebido por Francisco Paco Zás, presidente da equipe espanhola.

Durante a visita as instalações do clube, o advogado que atua na área empresarial, atendendo as principais instituições financeiras do Brasil, assistiu ao jogo La Coruña  x Almería ao lado do ex-jogador, o também brasileiro Donato, que atuou na equipe por mais de 10 anos e acabou se naturalizando espanhol, defendendo a seleção da Espanha.

Tanto Mauro Silva como Donato são reverenciados no clube espanhol até hoje, além de outros brasileiros que brilharam no Deportivo como Bebeto, Djalminha, Luizão, Rivaldo, entre outros.

“Quero agradecer a receptividade e o convite e dizer que na Espanha, já tenho um clube de coração: o La Coruña“, revela Dr. Jorge Sanchez.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas