Conecte-se com

Tecnologia

Mario de Oliveira explica a febre de robôs de conversa

Publicado

em

(robôs de conversa) podem ajudar o seu negócio?

O que é tão na moda sobre Chatbots (robôs de conversa) que as empresas estão ficando loucas por isso?

Com 2018 nos dando um vislumbre de como a está mudando a maneira como fazemos negócios, podemos esperar que 2019 seja o ano em que muitas empresas irão investir nessas tecnologias para melhorar suas operações, bem como ganhar seguidores explica Mario de Oliveira Mendes.

É isso mesmo pessoal. Simplesmente não basta ter um produto inovador ou um serviço excelente. Você também precisa desenvolver uma estratégia para divulgar sua marca.

E qual é a melhor maneira de ser conhecido? Melhorando a maneira como sua empresa oferece atendimento ao cliente.

De acordo com Mario de Oliveira, melhorar sua estratégia de atendimento ao cliente é provavelmente a coisa mais importante que você pode fazer pela sua empresa. Isso ajuda a promover a fidelidade do cliente à sua marca. Quando os clientes sentem que suas necessidades vêm em primeiro lugar, é mais provável que eles fiquem com você, mesmo que você aumente seus preços.

Para atender às necessidades de seus clientes, você precisa se tornar mais acessível. Sim, você pode ter um e-mail, uma conta de mídia social e até mesmo um número gratuito, em que os clientes podem entrar em contato com você, mas tudo isso pode não ser suficiente para que os clientes sintam que você está ouvindo.

Surgiu então o chatbot . Uma forma de inteligência artificial que você pode configurar rapidamente no site da sua empresa e fazer com que seus clientes lhe digam o que realmente precisam explicou Mario de Oliveira.

Grandes players da Apple para o Google e até mesmo marcas promissoras como a Babylon Health estão investindo nessa tecnologia de inteligência artificial para se tornarem mais relacionáveis e acessíveis à sua base de clientes. Se isso ainda não é suficiente para convencê-lo, aqui estão 8 razões pelas quais as empresas estão ficando loucas com a tendência do chatbot .

Um chatbot pode oferecer atendimento ao cliente que pareça mais pessoal para os usuários

Personalização é toda a raiva quando se trata de atendimento ao cliente. É o que transforma os visitantes em clientes pagantes e clientes pagantes para seguidores leais. Como os chatbots são projetados especificamente para fazer com que os usuários sintam que estão falando com um ser humano, eles desfrutam de uma experiência mais personalizada.

A chatbot pode ser programado para dar intuitivamente usuários informações que eles não sabiam que estavam buscando.

Como os chatbots são executados no Natural Language Processing, eles podem decodificar o que um usuário está tentando dizer usando semântica e sintaxe. Eles podem entender melhor os clientes e até oferecer informações que o cliente não sabia que estava procurando.

Um c hatbot pode rapidamente transformar seu site em um serviço de assistência totalmente operando com tempo mínimo de espera
Os clientes odeiam esperar que um chatbot que possa responder a todas as suas perguntas com um tempo de espera praticamente nulo não vá apenas conquistar clientes fiéis, mas também torná-lo um superstar de atendimento ao cliente.

Um chatbot pode melhorar o engajamento dos usuários da web e reduzir a taxa de rejeição

Você sabe quantos clientes em potencial você já perdeu no seu site desde que foi ao ar pergunta Mario de Oliveira? Se a sua alta taxa de rejeição disser que você perdeu incontáveis anos, ter um chatbot é uma boa maneira de manter os visitantes presos à sua página.

Um chatbot pode ser usado para aumentar o alcance da mídia social
Com o Facebook Messaging equipando as páginas com seu próprio serviço chatbot , pode ser mais fácil para você alcançar o alcance de suas redes sociais. O chatbot do Facebook tem seu próprio suporte de base de usuários para que você não precise de conhecimento técnico para configurá-lo. Basta verificar a página do Facebook para desenvolvedores e escolher um projeto inicial que você gostaria de incorporar ao mensageiro da sua página .

Um chatbot pode facilitar os pagamentos, especialmente para usuários com habilidades básicas de computação

Pagar online pode ser esmagador para alguém com conhecimentos básicos de informática. Ter um chatbot no seu website pode ajudar os usuários a fazer o checkout e minimizar o abandono do carrinho .

Um chatbot pode ser usado como uma máquina de geração de leads
Você sabe o que é mais irritante do que um site lento ? Uma janela pop-up que parece não aceitar um não como resposta. Um chatbot pode ajudá-lo a obter mais leads no seu website, fazendo perguntas relevantes aos seus visitantes. Da perspectiva de um usuário, ele definitivamente bate ter que responder a uma forma chata que todo mundo está usando em seus sites.

Um chatbot pode ser uma boa maneira de diferenciar sua marca da concorrência

Por último, se você construir e implantar seu chatbot AGORA, você provavelmente será um dos primeiros sites em seu nicho a ter um. Mario de Oliveira diz que a maioria dos clientes preferem que o seu fornecedor de serviços estar acessível 24/7 por isso, se você deseja definir a sua marca para além da concorrência, uma atbot ch é uma boa maneira de fazê-lo.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Dicas para criar o seu site de freelancer

Publicado

em

A interatividade e a velocidade da informação que a internet trouxe para o século XXI alterou vários aspectos do nosso dia a dia.

A maneira como muitas vezes compramos produtos, buscamos entretenimento e até como estudamos é um pouco diferente de como era lá nos anos 90, quando o mundo ainda não estava tão conectado.

Essa mudança reflete também no modo como trabalhamos. Hoje em dia existem muitas pessoas que buscam caminhos diferentes para ingressarem no mercado de trabalho. Não por acaso, a palavra “freelancer” cada vez mais é pronunciada atualmente.

Várias profissões permitem nos dias de hoje a atuação do freelancer. Publicitários, fotógrafos, designers, músicos, jornalistas, artesãos, programadores, enfim, as áreas são bastante variadas.

No entanto, independente da área de atuação, o que qualquer freelancer busca hoje em dia para se consolidar no mercado é uma coisa só: ser visto. Um fotógrafo “frila” necessita divulgar o seu trabalho para poder atuar.

O mesmo vale para os designers, para os redatores, enfim, para qualquer profissional que atue nesse formato de trabalho. É por isso que criar um blog ou um site é algo que os freelancers devem fazer “para ontem”.

A importância do domínio e da hospedagem de site para o trabalho do freelancer

A verdade é que a web não é um espaço apenas para o profissional mostrar que está disponível para atuar na sua área. Ela é também a ferramenta de atuação de um freelancer.

Dispositivos na nuvem como, por exemplo, o Google Drive e o Dropbox chegam para facilitar a organização e o gerenciamento das atividades. Por meio delas um freelancer tem condições de trabalhar online, armazenando e compartilhando os mais diversos arquivos.

Além disso, ter o seu espaço na web e assegurar a sua presença digital são detalhes fundamentais para que um profissional freelancer seja bem sucedido. Nesse aspecto, antes ainda de ter um site é válido pensar na hospedagem e no registro de domínio.

O domínio confere credibilidade para o seu projeto, mostrando que você tem profissionalismo e se preocupa em ter um espaço na web organizado e com a sua marca.

A hospedagem de sites garante a segurança e também uma boa performance que um site sério e profissional necessita.

Dicas para criar o seu site e divulgar sua imagem como freelancer

Com um registro de domínio e um bom serviço de web hosting à disposição, fica mais fácil pensar e organizar a criação do seu site de freelancer. É óbvio que para isso é pertinente ter em mente a área em que você atua.

Pensando em todos esses conceitos, separamos algumas dicas para você criar e divulgar o seu site.

Escolha a plataforma

Atualmente não faltam plataformas intuitivas para você criar o seu site. O Wix e o Webnode são apenas alguns dos nomes.

No entanto, a mais indicada para um projeto mais profissional é o WordPress. Esse CMS tem plugins e templates que farão do seu site a melhor vitrine para o seu trabalho.

Organize o seu layout

É verdade que o visual e as funcionalidades do site vão depender muito do tipo de trabalho de freelancer que você exerce. Porém, alguns aspectos básicos sobre o layout devem ser levados em consideração.

Freelancers que possuem um portfólio que dá destaque para imagens, tais como fotógrafos e designers, devem optar por templates que facilite a organização das mesmas.

O ideal é sempre adotar um visual clean para o seu site, pois isso melhora bastante a experiência de navegação do seu visitante.

Além disso, é fundamental investir em um design responsivo, lembre-se que muitas pessoas vão chegar até o seu site por meio dos dispositivos móveis.

Use a fonte adequada

Pense também no tipo e no tamanho da fonte. Um site com visual clean deve contar com fontes não muito grandes, pois isso ajuda a equilibrar o texto e a presença das imagens.

Fontes com serifas podem ser úteis para o portfólio de redatores. Elas padronizam a leitura de textos mais longo na web, porém conferem ao site um estilo formal e por isso não são tão indicadas para sites de publicitários e designers.

Use sabiamente as cores

Uma das alternativas para assegurar a leveza e o visual clean do seu site é investir em cores mais claras para o fundo.

No entanto, é claro que algumas cores mais escuras não estão descartadas em um site, especialmente se o objetivo é conferir para o seu projeto web uma característica mais sóbria e formal.

Atualize o seu site

Saiba que o site será a porta de entrada para o público conhecer o seu trabalho. Por isso, é fundamental mantê-lo atualizado, sempre destacando os seus mais recentes trabalhos.

Conclusão

Diz o ditado popular que “quem é vivo sempre aparece”. Se formos adaptar esse ditado para o atual contexto, podemos dizer que quem tem um site sempre aparece.

Portanto, para que clientes e contatos permitam que o seu trabalho freelancer seja bem sucedido, dê atenção para o seu site.

Continue Lendo

Tecnologia

Filmmaker e fotógrafo dos famosos que fazem sucesso nas redes sociais acreditam ser benéfico o fim dos likes no Instagram

Publicado

em

Reprodução / MF Press Global

Um assunto que está gerando grande polêmica nos últimos dias é a decisão do Facebook de iniciar testes no Canadá que retirará a informação de quantas pessoas curtiram uma foto postada na rede social Instagram, que pertence ao Facebook. O assunto gerou muito movimento dentro e fora das redes, principalmente para os chamados influenciadores digitais.

Dois profissionais que tem destaque nas redes sociais em suas respectivas áreas e que tem grande destaque na internet principalmente pelo seu trabalho com famosos, acreditam que a medida pode ser benéfica. O fotógrafo Rodolfo Santos e o filmmaker Gabriel Queiroz são conhecidos por realizarem ensaios com diversas celebridades como Fernando & Sorocaba, Mumuzinho, Arthur Aguiar, Mayra Cardi, a top model Talita Rocca e o astro da NBA Leandrinho Barbosa. Influentes na rede social, Rodolfo Santos tem 120 mil seguidores e Gabriel Queiroz tem 166 mil.

O fotógrafo Rodolfo Santos. (Foto: Rodolfo Santos)

O trabalho de ambos, embora distinto, tem muita conexão com as redes sociais, que são a maior plataforma de divulgação de conteúdo de fotografia e audiovisual, até mesmo acima de plataformas clássicas como o YouTube e o Flickr, logo são seus maiores portfólios.

“Muita gente desiste de investir na rede social pela concorrência desleal ou porque não consegue likes e assim se frustra, se desanima, se deprime. Se a rede social passar a esconder do público a quantidade de likes recebida em cada foto, isso vai fazer com que mais pessoas se preocupem com a qualidade do que é postado e assim as opções do tipo de conteúdo vão aumentar. O Instagram é o reflexo de que estamos na era da imagem e fotografia e é aí que eu entro com o profissional. Fotos de alta qualidade e com conceito artístico podem fazer toda a diferença”, avalia Rodolfo Santos.

“Hoje o que mais chama a atenção nas redes sociais além de imagens de qualidade são vídeos bem produzidos. Eu acredito que ocultar o número de likes do público pode fazer com que as pessoas prezem mais pela qualidade do material publicado, sem se preocupar apenas com a métrica. Hoje em dia vale muito mais a interação do que o conteúdo postado e isso pode ser corrigido por essa nova forma de trabalhar do Facebook. E na era da imagem, um trabalho como o meu, torna-se essencial para a busca da visibilidade. Os vídeos que produzo chamam bastante atenção na rede social”, comenta Gabriel Queiroz.

Filmmaker Gabriel Queiroz. (Reprodução / MF Press Global)

Até o momento, o Facebook não informou se os testes realizados realmente irão um dia corresponder a uma realidade para todos e nem tampouco se isso chegará ao Brasil. Os motivos que levaram a empresa a testar o fim dos likes na rede social, segundo um representante, tem a ver com a tentativa de deixar a plataforma mais leve e divertida e menos tóxica e competitiva, principalmente entre os jovens.
Continue Lendo

Saúde

Dandelin é opção para médicos conseguirem mais pacientes

Publicado

em

Aplicativo com princípios de economia compartilhada leva acesso para quem não tem plano de saúde ou não quer depender sempre do SUS

Os médicos regulamentados pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) para exercer suas especialidades têm na Dandelin uma aliada para alcançar ainda mais pacientes e oferecer tratamento de qualidade à população que ou não tem plano de saúde e não pode depender sempre do SUS (Sistema Único de Saúde). No modelo da plataforma, não é necessário aporte financeiro para começar a atender, o aumento anual é de até 50% do valor pago por consulta, o médico não desembolsa nenhuma taxa e, após três anos, pode ganhar o mesmo que em consultórios particulares.

A Dandelin é uma startup que surgiu em abril de 2018 e utiliza economia compartilhada para oferecer consultas acessíveis, socializando os custos reais entre todos os membros de sua comunidade. Com o aplicativo, os usuários não pagam o preço da consulta, mas uma mensalidade variável. O valor cobrado pelo aplicativo Dandelin é dividido entre todos os membros da comunidade. A mensalidade nunca ultrapassará R$ 100.

Além de democratizar o acesso à saúde, a Dandelin ainda oferece aos médicos um software de agendamento de consultas e gerenciamento de operações do consultório como forma de captação de pacientes. O serviço é gratuito e centraliza as informações de maneira prática e econômica, já que as ferramentas tradicionais costumam pesar no orçamento dos profissionais.

Outro benefício financeiro que o Dandelin oferece aos médicos está no valor repassado por consulta. Diferentemente dos planos de saúde, a startup elimina taxas que os profissionais precisam repassar às seguradoras. No formato tradicional, os médicos atendem muitos pacientes por dia para conseguirem cobrir seus custos. Ou seja, ao mesmo tempo que o Dandelin ajuda os médicos, também oferece maior qualidade às consultas, já que os pacientes não são atendidos às pressas.

SOBRE O DANDELIN

Desenvolvido com base em princípios de economia compartilhada, o Dandelin é um aplicativo que conecta pacientes a médicos. A plataforma facilita o agendamento de consultas, que são realizadas nos consultórios dos profissionais cadastrados. Assim, o paciente poderá procurar médicos por localização, especialidade, disponibilidade de agenda, sintomas ou pelo próprio nome do profissional.

A plataforma socializa os custos reais de consultas entre todos os membros de sua comunidade. O valor mensal médio para ter acesso ilimitado a consultas médicas é variável e depende do número de consultas que os membros da comunidade realizarem durante cada mês.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Publicidade

Eventos

Próximos eventos

  1. Natiruts faz mega show no Espaço das Américas

    maio 24 @ 21:00 - 23:00
  2. Show do Sérgio Reis em Jacareí (SP)

    maio 24 @ 21:00 - 23:30
  3. Slash ft. Myles Kennedy e The Conspirators chegam ao Espaço das Américas

    maio 25 @ 19:30 - 22:30
Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas