Conecte-se com

Esportes

MB Challenge: Mais uma vitória e pódios para a Bardahl Hot Car em Goiânia

Publicado

em

André Moraes Jr. conquista segunda vitória seguida na C250. Flávio Andrade fica em segundo na Master. Na CLA, Cesare Marrucci também vai ao pódio na Master e Fábio Escorpini termina em sétimo no geral

Mais uma etapa muito positiva para a equipe no Mercedes-Benz Challenge. Neste domingo (dia 26), no autódromo internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), o paulista André Moraes Júnior voltou a vencer na C250, depois de conquistar sua terceira pole position seguida na temporada. O companheiro Flávio Andrade foi o quarto no geral e segundo na Master, alcançando também novos pódios.

Na CLA, Fernando Amorim foi o sétimo no geral, mas acabou excluído por um toque em outro piloto. Com isso, Fábio Escorpioni terminou em sétimo no geral e Cesare Marrucci foi ao pódio na Master, ficando em terceiro na categoria. O vencedor no geral da CLA foi o piloto Felipe Tozzo.

Com cinco das oito etapas disputadas, André Jr. e Andrade dividem a vice-liderança geral da C250, com 67 pontos. Na Master, Andrade ampliou sua liderança, com 86 pontos. Na CLA, Escorpioni está em oitavo na classificação geral. Na Master, Amorim é o vice-líder, com 63 pontos. Marrucci está em quarto, com 61.

Piloto mais jovem da categoria, com 18 anos, André Jr. comemorou o resultado. A equipe fez um pit stop preciso e que o ajudou na conquista final. “Estou muito feliz. Nossa segunda etapa com pole e vitória. Isso me reanimou para lutar pelo campeonato. Na deste domingo, perdi duas posições na largada, mas fui me recuperando e abri uma boa vantagem depois do pit e foi só administrar e poupar o carro no final”, contou o piloto da C250 #12, que é de Americana, no interior de São Paulo.

Andrade também festejou mais um grande resultado. “A corrida foi excelente, especial mesmo. Conseguimos o segundo lugar na Master e, mesmo tendo de levar 30 kg de lastro por estar em segundo no geral, abri uma vantagem ainda maior no campeonato. Na próxima corrida, vamos novamente levar o lastro, mas vamos continuar lutando pelo título”, declarou o paulista da C250 #26.

Representante de Piracicaba (SP) no Mercedes-Benz Challenge, Marrucci tinha chances de lutar por um resultado ainda melhor na CLA, mas faltando três voltas para o final o carro entrou em modo de segurança. “Fiz o procedimento para eliminar a falha, mas infelizmente persistiu e a perda de rendimento era muito grande”, contou o piloto da CLA #44.

“Persisti na pista, visando completar as voltas necessárias para validar os pontos e no fim consegui o troféu na Master”, destacou. “No sábado, no classificatório, tivemos um problema no diferencial e não pude largar numa posição melhor. Parti de 11º e, na corrida, consegui ganhar várias posições. Tive boas disputas enquanto o carro estava competitivo”, completou Marrucci, que já tem três pódios na Master este ano.

Já Escorpioni lamentou uma escapada da pista, que o impediu chegar mais à frente. “Estávamos rápidos, mas acabamos escapando na curva 1 ao tentar uma ultrapassagem perdendo algumas posições. Voltamos para pista, recuperamos algumas posições, mas não o suficiente para o pódio. Terminamos em sétimo, somando pontos para o campeonato e agora é trabalhar para próxima corrida em Rivera”, finalizou o piloto da CLA #55.

O Mercedes-Benz Challenge volta à pista no dia 7 de outubro em Rivera, no Uruguai.

Os resultados em Goiânia:

CLA (Top-10)
1. FELIPE TOZZO
2. ROGER SANDOVAL
3. ADRIANO RABELO
4. RAIJAN MASCARELLO
5. BETÃO FONSECA
6. LUIZ CARLOS RIBEIRO
7. FABIO ESCORPIONI
8. JOSÉ VITTE
9. CELLO NUNES
10. CESARE MARUCCI

C250 (Top-10)
1. ANDRE MORAES JR
2. MAX MOHR
3. PETER M GOTTSCHALK
4. FLAVIO ANDRADE
5. MIRO CRUZ
6. CLAUDIO SIMÃO
7. ALENCAR JR
8. M PAIOLI/B ROSSI
9. JARED WILSON
10. JUNIOR VICTORETTE

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação dos campeonatos:

CLA AMG (Top-10):
1. Raijan Mascarello – 70 pontos
2. Roger Sandoval – 68
3. Adriano Rabelo – 66
4. Betão Fonseca – 60
5. Roger Sandoval – 58
6. Luiz Carlos Ribeiro – 58
7. Felipe Tozzo – 57
8. Fábio Escorpioni – 51
9. Cesar Fonseca – 37
10. Fernando Amorim – 36
13. Cesare Marrucci – 25

CLA AMG Master (Top-5):
1. Betão Fonseca – 77 pontos
2. Fernando Amorim – 63
3. Cesar Fonseca – 63
4. Cesare Marrucci – 61
5. Pierre Ventura – 45

C250 (Top-6):
1. Peter M Gottschalk – 82 pontos
2. Flávio Andrade e André Moraes Jr. – 67
3. Miro Cruz – 60
4. M. Paioli/ B. Rossi – 58
5. Cláudio Simão – 48
6. João Lemos – 40

C250 Master (Top-6):
1. Flávio Andrade – 86 pontos
2. M. Paioli/ B. Rossi – 72
3. Cláudio Simão – 60
4. João Lemos – 55
5. Max Mohr 40
6. Ângelo Giombelli – 24

Informações sobre a equipe Hot Car e patrocinadores, acesse:
www.hotcarcompeticoes.com.br
www.facebook.com/hotcarcompeticoes
www.twitter.com/hot_car
instagram.com/hotcarcompeticoes

Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Em comemoração ao dia do paraquedismo 27 pessoas saltam de ponte para quebrar recorde

Publicado

em

Por

Hoje (22), é o dia mundial do paraquedismo, a data é uma homenagem a Andrews Jacques Garverin, que em 1797 saltou de um balão e foi imortalizado como o primeiro ser humano a pular de paraquedas.

Em comemoração a essa data o paraquedista brasileiro Vagner Jorge, foi à Rússia e participou da quebra de um novo recorde mundial, em Sóchi. Com um grupo de 27 pessoas de diversas nacionalidades (Rússia, Estados Unidos, Brasil, Turquia, França, Inglaterra e Bielorrússia) Vagner, saltou de uma ponte fixa com 207 metros de altura.

Inicialmente seria um grupo com 28 pessoas, mas um russo teve problemas e o paraquedas abriu antes do salto. O local onde aconteceu o evento se chama SkyPark, é um grande ponto turístico da cidade de Sochi, que além da ponte onde foi quebrado o recorde mundial, tem uma tirolesa com 233 metros.

Um vídeo mostra o exato momento em que o grupo com 27 paraquedistas, batem o recorde pulando da ponte.

 

Sobre Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro, fazia saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele esteve em Moscou na Rússia, onde treinou num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, para aprimorar ainda mais seu voo.

Instagram: https://www.instagram.com/vagnerjorge

 

Foto Divulgação/Felipe Marchesi

Continue Lendo

Esportes

Vagner Jorge é Referência no Paraquedismo

Publicado

em

Por

A grande maioria das pessoas, desconhecem que o paraquedismo é um esporte e uma profissão. Focam apenas em achar que os profissionais que praticam essa modalidade, são só pessoas corajosas ou insanas.

O paraquedista, Vagner Jorge, tem ganhado bastante na área com um trabalho motivacional, que leva as pessoas a confiarem mais em si, através da vivência de novas experiências, em momentos de aventura e superação.

Eu acredito que o paraquedismo é um esporte para todas as idades, uma prova disso foi uma senhora de 86 anos, surda que saltou comigo. Isso me marcou muito, pois pude ver que nunca é tarde para fazer o que se têm vontade, e se você tiver perseverança nenhuma limitação vai te impedir. Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro,  fazia  saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele está em Moscou na Rússia, onde treina num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, a fim de aprimorar seu voo. Nos próximos dias, Vagner se dirige para Sóchi, onde tentará quebrar um recorde, junto a um grupo de 27 amigos. Eles querem ser o maior número de pessoas a saltarem de uma ponte ao mesmo tempo. O recorde atual é de 26 pessoas.

Sobre o Paraquedismo

A prática do paraquedismo é muito antiga, os primeiros registros que se tem, são de 1306 D.C., onde acrobatas chineses saltavam de muralhas com um dispositivo que amortecia a chegada ao solo.

No Brasil o esporte se tornou conhecido com Charles Astor, que lecionou um curso em 1931, no Aeroclube de São Paulo, e até hoje é reverenciado como um dos maiores incentivadores da prática em solo brasileiro.

Siga Vagner no Instagram:

https://www.instagram.com/vagnerjorge

Continue Lendo

Esportes

Diretoria do La Coruña convida o advogado Dr. Jorge Sanchez para conhecer as instalações do clube espanhol

Publicado

em

Por

Dr. Jorge Sanchez, sócio-fundador do escritório Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados, esteve no estádio Riazor, do La Coruña , na Espanha, a convite da diretoria do clube de futebol espanhol por meio do ex-jogador Mauro Silva, que foi campeão do mundo com a seleção brasileira na Copa do Mundo de 1994 nos EUA, e foi recebido por Francisco Paco Zás, presidente da equipe espanhola.

Durante a visita as instalações do clube, o advogado que atua na área empresarial, atendendo as principais instituições financeiras do Brasil, assistiu ao jogo La Coruña  x Almería ao lado do ex-jogador, o também brasileiro Donato, que atuou na equipe por mais de 10 anos e acabou se naturalizando espanhol, defendendo a seleção da Espanha.

Tanto Mauro Silva como Donato são reverenciados no clube espanhol até hoje, além de outros brasileiros que brilharam no Deportivo como Bebeto, Djalminha, Luizão, Rivaldo, entre outros.

“Quero agradecer a receptividade e o convite e dizer que na Espanha, já tenho um clube de coração: o La Coruña“, revela Dr. Jorge Sanchez.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas