Conecte-se com

Esportes

Salah e um Espanha x Portugal que promete são destaques do segundo dia da Copa

Publicado

em

Mohamed e , dois dos favoritos ao prêmio de melhor jogador do mundo na temporada, aparecem como os dois grandes destaques individuais do segundo dia de , que ainda terá um Espanha x Portugal que promete pegar fogo.

O dia começa com Egito x Uruguai, às 9h, passando por Marocos x Irã, às 12h, e encerrando com o jogo mais esperado do dia, colocando frente a frente espanhóis e portugueses, às 15h.

Egito x Uruguai

A grande notícia para o Egito na estreia contra o Uruguai é a quase certa presença de Mohamed Salah. Na entrevista prévia do encontro, Hector Cuper praticamente garantiu a presença do Rei do Egito.

“Salah está se saindo muito bem, na verdade. Ele se recuperou muito rápido. Vamos ver como as coisas acontecem, mas eu posso praticamente assegurar 100% que ele irá jogar, exceto por algum imprevisto de última hora”, disse.

O Egito deverá jogar com Mohamed El Shenawy; Ali Gabr, Ahmed Hegazy, Ahmed Fathi, Mohamed Abdel Shafi; Tarek Hamed, Mohamed El Neny, Mahmoud Trezeguet, Abdulla Said; Ramadhan Sobhi (Mohamed Salah), Marwan Mohsen.

Se Salah é a grande esperança de um lado, Luís Suárez segue como grande nome uruguaio. Ao lado de Edinson Cavani, o atacante do Barcelona promete gols. Cavani, porém, pediu cautela.

é e, dentro do campo, tudo pode acontecer. O excesso de confiança é algo negativo. O importante é sermos conscientes de que cada partida vai ser muito difícil”, destacou.

Óscar Tabárez deve escalar o Uruguai com Fernando Muslera; Guillermo Varela, Jose Maria Gimenez, Diego Godin, Martin Caceres; Nahitan Nandez, Matias Vecino, Rodrigo Bentancur, Giorgian De Arrascaeta; Edinson Cavani, Luis Suarez.

Marrocos x Irã

Marrocos e Irã fazem o segundo jogo do dia, com certeza o menos esperado. As seleções jogam sob a desconfiança de chegarem na Copa sem muita expectativa, com a queda na primeira fase sendo um destino bem provável, já que Espanha e Portugal são as outras seleções da chave.

O estádio de São Petersburgo recebe um duelo inédito em Copas. Os marroquinos voltam a jogar um Mundial após duas décadas. O Marrocos é conhecido pelo bom sistema defensivo, tendo como o zagueiro Benatia, da Juventus, e o lateral Achraf Hakimi, do Real Madrid. O time não perde há 18 jogos e sofreu apenas 13 gols nas últimas 24 partidas.

A seleção marroquina deve jogar com Monir El Kajoui; Hamza Mendyl, Romain Saiss, Mehdi Benatia, Achraf Hakimi; Hakim Ziyech, Mbark Boussoufa, Younes Belhanda, Karim El Ahmadi, Noureddine Amrabat; Khalid Boutaib.

Já a seleção iraniana foi a terceira seleção a garantir vaga na Rússia, com a melhor campanha entre as seleções asiáticas, vencendo 12 jogos, empatando seis e não perdendo nenhum. Será a segunda Copa seguida do país, que tenta superar o retrospecto ruim na competição.

A escalação para a estreia deve ter Ali Beiranvand; Milad Mohammadi, Morteza Pouraliganji, Roozbeh Cheshmi, Pejman Montazeri; Masoud Shojaei, Ehsan Haji Safi, Omid Ebrahimi; Vahid Amiri, Sardar Azmoun, Alireza Jahanbakhsh.

Espanha x Portugal

Espanha x Portugal promete ser o primeiro grande jogo da Copa, colocando frente a frente rivais históricos. Além de toda a rivalidade entre os países, uma crise na seleção espanhola promete esquentar ainda mais o encontro.

A Fúria trocou de técnico dias antes da estreia na Rússia. Julen Lopetegui, demitido após ter acertado com o Real Madrid antes do início do torneio, deu lugar Hierro. O novo comandante fugiu de polêmicas e garantiu foco na “primeira decisão” espanhola.

“Nós temos três grandes finais. Esta é a Copa do Mundo, somos privilegiados por isso aqui e todo mundo tem que colocar paixão. Essa será a primeira final. Quando sairmos daqui, precisamos saber que demos 100% de nós”, comentou.

A Espanha deve ter força máxima para a partida, entrando com  David De Gea; Jordi Alba, Sergio Ramos, Gerard Pique, Nacho; Sergio Busquets, Thiago Alcantara; Andres Iniesta, Isco, David Silva; Diego Costa.

Do outro lado, Fernando Santos endossou o discurso espanhol e garantiu que, apesar da crise do rival pouco antes da Copa, o jogo não deixará de ser complicado para a seleção portuguesa.

“O importante é que amanhã será a estreia de Espanha e Portugal. Duas grandes equipes. É um clássico. Do outro lado estará Hierro, que é um amigo. O desejo sorte. Isso é o importante. De um lado Portugal, que espera vencer e do outro um adversário que busca o mesmo. A Espanha joga há 10 anos da mesma forma e creio que isso não vai mudar e não teremos surpresas. O importante é que será a Espanha. A Espanha tem jogadores de muita qualidade. Procuramos trabalhar bem o adversário e estamos confiantes”, disse o técnico português.

Portugal deve jogar com Rui Patricio; Raphael Guerreiro, José Fonte, Pepe, Cedric; João Mario, João Moutinho, William, Bernardo Silva; Cristiano Ronaldo, Gonçalo Guedes.

Esportes

Em comemoração ao dia do paraquedismo 27 pessoas saltam de ponte para quebrar recorde

Publicado

em

Por

Hoje (22), é o dia mundial do paraquedismo, a data é uma homenagem a Andrews Jacques Garverin, que em 1797 saltou de um balão e foi imortalizado como o primeiro ser humano a pular de paraquedas.

Em comemoração a essa data o paraquedista brasileiro Vagner Jorge, foi à Rússia e participou da quebra de um novo recorde mundial, em Sóchi. Com um grupo de 27 pessoas de diversas nacionalidades (Rússia, Estados Unidos, Brasil, Turquia, França, Inglaterra e Bielorrússia) Vagner, saltou de uma ponte fixa com 207 metros de altura.

Inicialmente seria um grupo com 28 pessoas, mas um russo teve problemas e o paraquedas abriu antes do salto. O local onde aconteceu o evento se chama SkyPark, é um grande ponto turístico da cidade de Sochi, que além da ponte onde foi quebrado o recorde mundial, tem uma tirolesa com 233 metros.

Um vídeo mostra o exato momento em que o grupo com 27 paraquedistas, batem o recorde pulando da ponte.

 

Sobre Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro, fazia saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele esteve em Moscou na Rússia, onde treinou num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, para aprimorar ainda mais seu voo.

Instagram: https://www.instagram.com/vagnerjorge

 

Foto Divulgação/Felipe Marchesi

Continue Lendo

Esportes

Vagner Jorge é Referência no Paraquedismo

Publicado

em

Por

A grande maioria das pessoas, desconhecem que o paraquedismo é um esporte e uma profissão. Focam apenas em achar que os profissionais que praticam essa modalidade, são só pessoas corajosas ou insanas.

O paraquedista, Vagner Jorge, tem ganhado bastante na área com um trabalho motivacional, que leva as pessoas a confiarem mais em si, através da vivência de novas experiências, em momentos de aventura e superação.

Eu acredito que o paraquedismo é um esporte para todas as idades, uma prova disso foi uma senhora de 86 anos, surda que saltou comigo. Isso me marcou muito, pois pude ver que nunca é tarde para fazer o que se têm vontade, e se você tiver perseverança nenhuma limitação vai te impedir. Vagner Jorge

Vagner passou por diversas modalidades esportivas, como supermoto, onde foi campeão brasileiro, muay thay e handebol. Mas o amor pelo paraquedismo foi maior e avassalador, fazendo que ele buscasse todos os caminhos para se profissionalizar dentro da área, sem imaginar o sucesso que faria nela.

Em 2015, iniciou seus trabalhos na Austrália como dobrador de paraquedas, entre um trabalho e outro,  fazia  saltos esporádicos, até atingir a quantidade necessária para se tornar instrutor de voo.

De lá para cá, foram feitos milhares de saltos em lugares remotos, montanhas, antenas e prédios ao redor do mundo. Atualmente, Vagner trabalha como instrutor em Boituva, interior de São Paulo. Lá faz um trabalho muito especial incentivando o esporte para todas as pessoas, não importando idade, classe social ou limitações físicas.

Nesta primeira quinzena de outubro, ele está em Moscou na Rússia, onde treina num túnel de vento, que chega a atingir cerca de 450km/h, a fim de aprimorar seu voo. Nos próximos dias, Vagner se dirige para Sóchi, onde tentará quebrar um recorde, junto a um grupo de 27 amigos. Eles querem ser o maior número de pessoas a saltarem de uma ponte ao mesmo tempo. O recorde atual é de 26 pessoas.

Sobre o Paraquedismo

A prática do paraquedismo é muito antiga, os primeiros registros que se tem, são de 1306 D.C., onde acrobatas chineses saltavam de muralhas com um dispositivo que amortecia a chegada ao solo.

No Brasil o esporte se tornou conhecido com Charles Astor, que lecionou um curso em 1931, no Aeroclube de São Paulo, e até hoje é reverenciado como um dos maiores incentivadores da prática em solo brasileiro.

Siga Vagner no Instagram:

https://www.instagram.com/vagnerjorge

Continue Lendo

Esportes

Diretoria do La Coruña convida o advogado Dr. Jorge Sanchez para conhecer as instalações do clube espanhol

Publicado

em

Por

Dr. Jorge Sanchez, sócio-fundador do escritório Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados, esteve no estádio Riazor, do La Coruña , na Espanha, a convite da diretoria do clube de espanhol por meio do ex-jogador Mauro Silva, que foi campeão do mundo com a seleção brasileira na de 1994 nos EUA, e foi recebido por Francisco Paco Zás, presidente da equipe espanhola.

Durante a visita as instalações do clube, o advogado que atua na área empresarial, atendendo as principais instituições financeiras do Brasil, assistiu ao jogo La Coruña  x Almería ao lado do ex-jogador, o também brasileiro Donato, que atuou na equipe por mais de 10 anos e acabou se naturalizando espanhol, defendendo a seleção da Espanha.

Tanto Mauro Silva como Donato são reverenciados no clube espanhol até hoje, além de outros brasileiros que brilharam no Deportivo como Bebeto, Djalminha, Luizão, Rivaldo, entre outros.

“Quero agradecer a receptividade e o convite e dizer que na Espanha, já tenho um clube de coração: o La Coruña“, revela Dr. Jorge Sanchez.

Continue Lendo
Publicidade

Facebook

Eventos

Publicidade

Destaque

Pular para a barra de ferramentas